Gestão de tráfego para médicos: Como reduzir os pacientes do “convênio”?

gestão de tráfego para médicos

A busca por informações voltadas para saúde e bem estar aumentou muito nos últimos anos, principalmente com a pandemia. A situação atípica trouxe um alerta ainda maior sobre tratamentos e a importância das consultas médicas. 

Nesse sentido, o marketing digital alcançou a medicina como uma forma fácil e ágil de estabelecer contato com o público. Assim, os doutores marcaram presença em espaços virtuais que, até algum tempo atrás, não eram tão bem explorados por esse setor.

Com o avanço das campanhas digitais e a inserção de conteúdos exclusivos e voltados para as novidades do setor, é natural que as clínicas passem a focar a mensagem para um público específico. Estamos falando especialmente daqueles que não utilizam convênio em suas consultas. Assim sendo, cria-se a necessidade de gerir o tráfego de informação na internet, canalizando todos os esforços para atingir um lead mais qualificado.

O que é gestão de tráfego para médicos?

Gestão de tráfego é uma estratégia que possibilita trazer mais usuários para o seu site ou redes sociais. Por meio de anúncios é possível segmentar públicos e focar na audiência que é mais interessante para o seu negócio.

Para que esse processo funcione é necessário um profissional voltado a analisar as métricas e gerenciar os visitantes que o canal está recebendo. Afinal, não adianta receber centenas de visitas diariamente e não saber o que fazer com esse fluxo de pessoas.

Um especialista vai fazer a gestão de tráfego, isso é, analisar quais canais são os mais indicados para os objetivos do negócio ou da campanha, bem como o público que se quer atingir. A partir do momento em que isso é definido, fica mais fácil converter visitantes em potenciais clientes – ou seja, aquele que vai realmente fechar negócio com a sua clínica.

Como o mundo digital pode priorizar os clientes de uma clínica médica

Para ser reconhecido no mercado, um médico não precisa, necessariamente, se associar a algum convênio ou plano de saúde. As consultas particulares, além de serem mais rentáveis para os profissionais, proporcionam agenda mais flexível e o atendimento personalizado aos pacientes.

Além disso, mesmo que a clínica aceite alguns planos de saúde, muitos procedimentos não são autorizados pelos convênios, como é o caso de procedimentos estéticos, por exemplo.

Diante desse cenário, é possível criar alternativas e estratégias para que a gestão de tráfego evite os pacientes do convênio. É preciso deixar claro que não existe discriminação com público A, B ou C: a necessidade do negócio é focar em um target específico, e, nesse caso, são clientes com poder aquisitivo maior, que possam pagar pelas consultas/procedimento.

Então, se você vai anunciar no Google ou em qualquer outra plataforma e quer evitar o alcance a pacientes de convênio, aqui vão algumas dicas:

Use palavras que negativam o plano de saúde

Calma! Ninguém vai falar mal dos convênios. A ideia aqui não é desmerecer os planos de saúde, mas enfatizar o trabalho da sua clínica.

Palavras-chave negativas são uma forma de dizer ao Google que a clínica ou consultório médico não quer que o anúncio seja exibido nos resultados de pesquisas específicas.

Dessa maneira, se você oferece consultas e determinados procedimentos em sua clínica e quer deixar claro que o atendimento é somente particular, normalmente vai colocar nas palavras-chave o termo “não aceitamos convênio”. Só que, assim, o anúncio será exibido em diversas frases no Google, incluindo “aceitamos convênio”.

Para evitar acessos de pacientes de plano de saúde, basta inserir “aceitamos convênio” no campo específico da lista de palavras negativas no Google Ads. 

Não utilizar palavras muito genéricas

Palavras genéricas tendem a alcançar o público em geral, que, por sua vez, vai buscar por atendimento pelo convênio. Ao identificar suas necessidades e fazer a conta da campanha no Google, cadastre termos específicos, que aumentem sua relevância na audiência que deseja atingir.

Por exemplo: em vez de colocar “atendimento médico”, troque por “prestamos serviços médicos”. Essa é uma maneira de segmentar seu público.

Comunicação no anúncio

Uma prática direta é inserir a informação na sua campanha. Por exemplo, você cria uma campanha no Instagram evidenciando os tratamentos dermatológicos da clínica. Ao final, é possível colocar uma nota dizendo que todos os procedimentos são particulares.

Comunicado no site

O site é outra ferramenta importante em que o paciente vai buscar informações. Assim, o gestor pode colocar diretamente na plataforma que não aceita qualquer tipo de convênio. Outra forma de enviar essa mensagem, sendo educado e discreto, é ter um layout mais sofisticado e um conteúdo mais elaborado. Muitas vezes, o paciente até liga para tirar a dúvida, mas a própria comunicação do site já diz muita coisa.

Montar essas estratégias não é tarefa fácil, ainda mais para o setor médico, que precisa focar na parte técnica e na excelência no atendimento. Nesse sentido, conte com a Acesso Marketing para fazer a gestão de tráfego das suas redes sociais.

Somos uma agência focada em performance, gerando o máximo de resultado ao menor custo possível. Entre em contatocom a gente e faça seu orçamento!

Acesso Marketing

Colaboramos com o crescimento de marcas e com a realização dos sonhos de nossos clientes. Vamos realizar um grande trabalho juntos?

Rua Alberto Cintra, 161, 9º andar
Cidade Nova – Belo Horizonte / MG

31 3484-6512

Acesso Marketing

©2020 Acesso Marketing. Todos os direitos reservados.